Scroll Top

Clássicos Curiosidades High Tech Microsoft Windows

Xenix- Você conhece o Unix da Microsoft ?

Curso de Manutenção de Celulares

O Xenix foi uma versão específica do Sistema Operacional Unix que a Microsoft pretendia usar em microcomputadores.  A Microsoft comprou uma licença para utilizar o Unix da AT&T no final de 1979, e em agosto de 1980 anunciou que ele seria disponível para o mercado de microcomputadores de 16-bit, visando ser o seu sistema operacional principal já na versão 1.0.

No início a Microsoft não foi capaz de licenciar o próprio nome "UNIX",  pois a mesma licenciou somente o código fonte, já que na época não era tão relevante o licenciamento do nome. Então a Microsoft deu a ele um nome original chamando o de Xenix.

Com relação a vendas, a Microsoft não vendia o Xenix diretamente ao usuário final, ela licenciava o Xenix e suas integrações com o MS-DOS em formatos OEM's assim como a Intel, Panasonic e outras que também utilizavam o mesmo método na época.

Quando a Microsoft fez um acordo com a IBM para desenvolver o Sistema OS/2, ela perdeu todo seu interesse em promover o Xenix, pois outros caminhos já estavam sendo estratégicamente traçados (Projeto do Windows 2.0). E em 1987 a Microsoft vendeu sua licença do Xenix para a Santa Cruz Operation (SCO) que  adquiriu os direitos exclusivos do Sistema Operacional Xenix e começou a distribuí-lo com o nome de SCO Xenix. Com esse acordo a Microsoft tornou-se proprietária de 25% da SCO.

No mesmo ano a SCO adaptou o Xenix para os processadores Intel 386, já na casa dos 32-bits. O Xenix em sua nova versão 2.3.1 introduziu o suporte a controladores SCSI e protocolos TCP/IP.

Mesmo após ter vendido a licença de seu Unix para a SCO, a Microsoft ainda continuou a usar o Xenix internamente,  pois estava desenvolvendo o seu mais novo produto, um  software para edição de textos com o simples nome: Microsoft Word for Unix.

Tentando avançar na década seguinte com uma força mais agressiva e melhorias de seu sistema operacional, a SCO em meados de 1989 ramificou o Xenix em SCO UNIX e sua última versão foi a 2.3.4.

Um fato ocorrido e muito curioso de toda essa história, que de acordo com o Setor de Projetos e Implementação de Sistemas Operacionais da Universidade de Berkeley, berço do BSD UNIX, curiosamente foi dito uma frase marcante: "O Xenix era provavelmente a versão mais difundida do Sistema Operacional UNIX, de acordo com a quantidade de máquinas em que ele funcionava".

 

Artigos Relacionados:

Comente via:

  • Facebook
  • WordPress
  • Google Plus

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

5 Comentários

  1. Odair Victoriano disse:

    Rafael,

    Parabéns pelo post, sou analista de sistemas e isso nunca nem me passou pela cabeça.

  2. 2Si disse:

    Super legal tue post!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.