Scroll Top

High Tech Notícias

Criptografia simétrica e assimétrica. Qual a diferença?

Curso de Manutenção de Celulares

No âmbito da criptografia (do grego esconder+escrever), a encriptação é o processo de transformação de uma informação original, numa informação ilegível, para terceiros. Este mecanismo tem como objetivo o envio de informação confidencial de forma segura, sendo apenas possível a sua descodificação por pessoas  autorizadas (que possuam a chave de “desencriptação”).

A criptografia existe desde a antiguidade, e estava altamente associada a atividades militares e diplomáticas. Considerada por muitos como uma ciência ou até mesmo arte, tem como objetivo principal disfarçar a informação através de processos de codificação, e de repor essa mesma informação no seu estado original através de processos de descodificação.

A criptografia estuda do ponto de vista matemático os métodos usados na proteção da informação. A criptoanálise estuda as técnicas que permitem quebrar um algoritmo criptográfico.  Ao conjunto da criptografia e da cripto-análise, designa-se o estudo da criptologia.

Mas o que é a encriptação e desencriptação?

  • Encriptação – Transformação reversível dos dados para formatos inteligíveis
  • Desencriptação – Operação inversa da encriptação
Criptografia Simétrica

A criptografia simétrica é também conhecida por Criptografia de chave secreta. DES , 3DES , AES e RC4 são alguns dos algoritmos que usam criptografia simétrica.

Algoritmos que usam criptografia simétrica tendem a ser mais rápidos, no entanto não são tão seguros como os que usam criptografia assimétrica, uma vez que a chave usada para cifrar ou criptografar a informação é compartilhada entre as várias máquinas.

Funcionamento

É usada uma única chave que é compartilhada entre o emissor da informação e o receptor. Desta forma, a chave que é usada para criptografar (cifrar) é a mesma que é usada para decifrar (descriptografar).


Criptografia Assimétrica

A criptografia assimétrica, também conhecida como Criptografia de chave pública.

Funcionamento

  • Usam um par de chaves distintas (chave privada e chave pública)
  • A chave pública é usada para Cifrar (encriptar ou criptografar)
  • A chave privada é usada para Decifrar (desencriptar ou descriptografar)

Em comparação com a criptografia simétrica, a criptografia assimétrica tende a ser mais lenta e necessita de um maior poder  exigindo mais recursos do computador. No entanto, este é um excelente método para garantir segurança em um canal público e inseguro (Por ex. a Internet). Apenas a chave pública é compartilhada entre o emissor e receptor, e a chave privada é usada para decifrar a toda a informação.

Considerações finais

A confidencialidade é compreendida no domínio da segurança informação, como a capacidade de limitar o acesso a informação apenas as entidades (pessoas, processos, máquinas, etc.) autorizadas. Nesse sentido é essencial que os serviços (ex. home banking, plataformas que possuam informação sensível, e-commerce, etc.) possuam mecanismos que garantam algum nível de confidencialidade da informação transacionada.

Quanto maior for a chave usada no processo de criptografia, mas difícil se torna o ataque a esse sistema. No entanto, existem outros fatores que podem influenciar e muito essa segurança, como por exemplo, a capacidade de manter as chaves privadas bem guardadas.

Para proteger as redes de comunicações, a criptografia é umas das ferramentas que permite evitar a Intercepção, manipulação e falsificação dos dados enviados. A funcionalidade básica da criptografia é ajudar a enviar informações sensíveis por um local inseguro de modo seguro.

Outros conceitos

Ataque: Ação de tentar decifrar mensagens sem conhecer a chave. Cripto-análise: tentar analisar o algoritmo, ou os textos cifrados até conseguir encontrar algum com sentido evidente.

Força-bruta: Um ataque que tenta utilizar todos os valores possíveis de uma chave que funcione em determinado algoritmo de decifrar, até se conseguir encontrar a suposta chave correta.

Apesar dos esforços disponibilizados ao longo dos anos com a tecnologia da criptografia, lembramos a todos que a segurança perfeita… Ainda é um mito!

Comente via:

  • Facebook
  • WordPress
  • Google Plus

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.