Scroll Top

Curiosidades High Tech OpenSource Programas Software Tecnologia

Conheça as Definições do termo "…Ware" dos programas de Computador

Curso de Manutenção de Celulares

Quando falamos de programas de computador, as vezes vemos constantemente certas nomenclaturas que nem sempre damos a mínima para seu real significado. Um exemplo real são as famosas palavras terminadas em "WARE" atreladas a programas ou serviços de todos os tipos existentes. Nós do escreveassim.com.br vamos mostrar um pouco destas distribuições de programas de computador e alguns de seus significados. Começa agora o nosso pequeno e mais novo artigo: "escreveWare".

escreveware

Antes de mais nada, deixo bem claro que "escreveWare" não existe, eu acabei de inventar! Mas segue a lista abaixo de alguns programas e nomenclaturas "*Ware" mais conhecidas no mundo da informática.

Software

O mais importante de todos, que de um modo geral no idioma português é chamado de "Programa de Computador" onde é composto por uma sequência de instruções, que são interpretadas e executadas por um processador. Podendo ser gratuito ou não, é a parte lógica do sistema onde o mesmo pode ser executado por qualquer dispositivo capaz de interpretar e executar as instruções de que é formado, Ex; Word, Excel, Winamp.

Hardware

É a parte física do computador, ou seja, é o conjunto de componentes eletrônicos, circuitos integrados e placas, que se comunicam através de barramentos. Em aulas básicas de informática dá-se a sucinta explicação para diferenciar o Software do Hardware, algo como: "O Hardware nós Chutamos e o Software nós Xingamos". Melhor explicação que esta não existe! Ex; Placa Mãe, Processador, Disco Rígido (HDD) etc.

Middleware

Middleware é um software que faz a mediação entre um software e demais aplicações. É utilizado para mover ou transportar informações e dados entre programas de diferentes protocolos de comunicação, plataformas e dependências do sistema operacional. O middleware foi concebido para facilitar o desenvolvimento de aplicações, tipicamente as distribuídas, facilitando a integração de sistemas legados ou desenvolvidos de forma não integrada automática. Ex; RemoteSync

Freeware

Freeware é um Software Gratuito para dispositivos ou computadores, cuja utilização não implica o pagamento de licenças. Freeware na verdade é grátis mas não é considerado um Software Livre ou Free Software por não ter seu código fonte disponível para todos. Ex; Adobe Reader, Windows Live Messenger.

Shareware

Shareware é um Software disponibilizado gratuitamente, porém com algum tipo de limitação. Alguns possuem limitações por tempo de uso ou limitações em recursos do próprio Software. Os Sharewares geralmente possuem funcionalidades limitadas e após o fim do tempo de uso, o usuário é requisitado a pagar para acessar as funcionalidades completas ou para poder continuar utilizando o programa. Ex; Spysweeper, Easy Free Web Cam.

Crippleware

Crippleware é uma variação do conceito Shareware. É uma versão totalmente gratuita de um software, mas com maiores limitações com relação a versão completa ou paga. Um exemplo clássico de Crippleware é um editor de imagens que não salva, não exporta e não converte imagens, que  para utilizar esses e outros recursos essenciais do Software você necessita adquirir comprando uma licença de uso do mesmo.

Demoware

Demoware é um termo mais específico para Softwares jogáveis que normalmente chamamos de Games. Nos jogos, um demo é lançado geralmente alguns meses antes do lançamento do produto completo, para criar expectativa entre os jogadores e dar uma amostra do que o jogo completo reserva. Pode ser do tipo jogável e limitado ou apenas Demonstração. Ex; FIFA 14 DEMO.

Bloatware

Bloatware é um nome utilizado para descrever um único e simples software, mas este que vêm com muitos outros recursos em excesso que não essenciais ou não fazem adição alguma ao software principal. Um exemplo clássico de bloatware é quando adquirimos um novo computador Windows e o mesmo vem cheio de programas de terceiros (OEM) instalados e o resultado final é um software principal inchado.

Firmware

Firmware é um pequeno software como um conjunto de instruções operacionais programadas diretamente no hardware de um equipamento eletrônico, onde é armazenado em um circuito integrado como um chip de memória de hardware ou memória Flash. Muitos aparelhos extremamente simples possuem Firmwares, alguns como controle remoto, Calculadora de mão e outros menos simples como Discos Rígidos (HDD), Drives Ópticos (CD/DVD/BD), Teclados, Cartões SSD, Consoles de Games, Celulares e etc.

Peopleware

Peopleware são os profissionais  que trabalham de forma direta ou indireta com a área da tecnologia da informação ou variantes dela. O conceito de peopleware cobre alguns aspectos importantes como o desenvolvimento de pessoal produtivo, cultura da empresa, aprendizagem organizacional, desenvolvimento de equipes produtivas e modelagem das competências humanas.

Webware

Este não é relativamente parecido ou relacionado como um Software em si, mas o termo Webware foi criado tendo em vista que a Web 2.0 não se refere a mudanças estruturais na rede, também sem nenhuma relação com algum tipo de Software, mas sim com uma abordagem nova do uso da programação Web onde seu conceito refere-se à segunda geração de serviços e aplicativos da Internet, que permitem maior interação com o usuário e inúmeras semelhanças com aplicações Desktop. São estas aplicações que foram categorizadas como Webwares e alguns exemplos dela são: Blogs, Wikis e redes de relacionamento. Entre as tecnologias Webware estão Web Services, RSS Feed e AJAX.

Spyware

Traduzindo ao pé da letra, Spyware significa "aplicativo ou programa espião". O Spyware nada mais é do que um Software ou programa automático de computador, que recolhe informações sobre o usuário, sobre os seus costumes na Internet e transmite essa informação a uma entidade externa na Internet, sem o seu conhecimento nem o seu consentimento. Os Spywares podem ser desenvolvidos por empresas comerciais, que desejam monitorar o hábito dos usuários para avaliar seus gostos e costumes e tentar vender este dados pela internet.

Ransomware

Os Ransomwares são softwares periculosamente maliciosos que, ao infectarem o computador do usuário, criptografam completamente ou parte do conteúdo do disco rígido (HDD). Os responsáveis pelo software exigem da vítima, um pagamento pelo "resgate" dos dados e informações contidas no disco. Os Ransonwares são ferramentas para crimes de extorsão e são extremamente ilegais em qualquer parte do mundo. Exemplo de alguns Ransomwares conhecidos: Gpcode-B e PGPCoder.

Adware

Os adwares são conhecidos por trazerem na tela do usuário algum tipo de propaganda. Similar ao Spyware e até mesmo sendo confundido com o mesmo, é na maioria dos casos desenvolvido por empresas comerciais. É comum os adwares virem embutidos em diversos programas (freeware), com a autorização de seus autores. Um exemplo clássico de um Adware em nosso PC é quando o computador está ocioso e aleatóriamente surgem algumas janelas Pop-Up do navegador mostrando Propagandas, Jogos de Cassinos, Conteúdos Eróticos ou até mesmo apresentação de Softwares Anti-Vírus desconhecidos e muito suspeitos. Ex; O já falecido Kazaa e o ainda vivo MSN Plus que após uma instalação "Sem Atenção" trazem os famosos Adwares.

Malware

O nome malware vem do inglês, algo como "Malicious Software". Além de ser o mais perigoso de todos, é um software destinado a se infiltrar em um sistema de computador alheio de forma extremamente ilícita, com o intuito de causar algum dano ou roubo de informações (confidenciais ou não). Qualquer tipo de Vírus de Computador, worms, cavalos de troia, adwares e spywares ou todos estes em apenas um software, podem ser considerados como um malware. Também pode ser considerado um malware quando uma aplicação legítima que por uma falha de programação (intencional ou não) execute funções errôneas que se enquadram na definição de um Malware.

Riskware

Riskware é um Software, que as possivelmente não teve a intenção de se tornar um malware, mas possui funções de segurança críticas ou defasadas. Digamos que seria algo como um "Falso Positivo" onde algumas funções podem ser usadas para iniciar ou parar algum processo ou serviço do computador. Um Riskware pode ser executado e mau utilizado por um malware e isto em certos casos, é alertado pelo Software Anti-vírus como potencialmente perigoso. O Software Kaspersky anti-vírus, por exemplo, classifica o mIRC sendo como um Riskware, onde na verdade não era bem assim… ou era?  😛

Scareware

Scareware se enquadra em muitas classes de softwares mal intencionados, onde seu benefício é limitado ou na maioria dos casos é inexistente. São softwares vendidos aos consumidores por meio de certas práticas antiéticas de marketing. A abordagem de venda utiliza engenharia social causando choque, medo, insegurança, ansiedade, ou a percepção de uma ameaça, sendo geralmente dirigida aos usuários leigos ou mais desavisados. Algumas formas de spyware e adware também utilizam táticas de Scareware.

Uma tática usada frequentemente por criminosos, envolve convencer os usuários de que um vírus infectou o seu computador, sugerindo então que baixem ou comprem programas antivírus falsos para removê-lo. Geralmente o vírus é totalmente fictício e inexistente e o Software ScareWare comprado pelo usuário não possui nenhuma funcionalidade ou ele é o próprio malware.

Abandonware

Abandonware é um software onde seu desenvolvimento, distribuição e comercialização foi descontinuada ou até mesmo abandonada. Esse motivo pode ser o fim do direito de exploração da propriedade intelectual, ou apenas o desinteresse dos programadores pelo software. Na maioria dos casos, o software poderia não ser financeiramente favorável para se obter lucros, tornando-se assim um Abandonware. Os Abandonwares  não são grátis e muito menos de dominio público, mas como são Softwares que foram "Abandonados" por anos, onde realizar certos tipos de alterações ou violações não implicam necessariamente em levar um processo dos desenvolvedores, por ser algo praticamente esquecido pelo tempo. Ex; Games para MS-DOS.

Beerware

BeerWare é um modelo de licença não muito comum por aí comercialmente. É muito similar ao Freeware e Shareware onde o usuário final do software, é encorajado a pagar uma cerveja (beer, em inglês) para o desenvolvedor ou programador do software ou, alternativamente de modo mais amigável, beber uma cerveja em honra do autor ou até mesmo beber com o próprio autor ou programador. Conheci muitos softwares de amigos na faculdade que tinham esta licença Beeware, que são atos de um legítimo "Programador Beberrão Amigão".

Careware

Careware que também pode ser chamado de charityware, helpware, charityware ou goodware, é uma forma de distribuição de Softwares para computadores onde não há benefícios para os autores, desenvolvedores e programadores. O dinheiro recebido pela venda do Software Careware é totalmente repassada a instituições de caridade por parte do usuário ou por seus desenvolvedores. Em sua grande maioria, são distribuídos gratuitamente, deixando a critério do usuário doar um valor monetário para caridade, que pode ou não estar indicada no próprio software. Ex; O famoso editor Vim dos Sistemas Gnu/Linux que exibe uma mensagem do seu autor, Bram Moolenaar, onde é incentivado para que o usuário faça uma doação para o International Child Care Fund, um centro que ajuda vítimas da AIDS.

Donationware

Também conhecido como Donateware é uma forma de distribuição de software ou serviço onde seu desenvolvedor pede uma doação em dinheiro ou outros bens para atender ao seus custos de desenvolvimento de software, hospedagem em servidores, testes do software, investimento em novas tecnologias e etc. Cabe ao usuário doar ou não ao programador/desenvolvedor, mesmo com o software funcionando corretamente e sem limitações. Hoje em dia existem muitos blogs pela internet que utilizam o modelo Donationware sem ao menos saber que ele realmente existe.

Nagware

Este possui outros nomes, como annoyware e begware. É uma modalidade de vinda do shareware onde o próprio software fica lembrando ou perturbando o usuário para que ele registre sua cópia ou compre uma versão com uma licença legítima.

Na maioria dos casos, ao utilizar o Software Nagware é mostrada uma janela que o usuário não consegue fechar, ou que fica aberta por um tempo determinado onde obriga ou "lembra" que o usuário leia a mensagem do próprio software. A intenção do Nagware é ser realmente muito chato e perturbador e irritante para que o usuário se canse e compre ou registre o programa para não ser mais perturbado com as temidas janelas de espera que aparecem nas versões não pagas. Alguns Softwares Nagware já são muito conhecidos pelos usuários, exemplos como Windows, WinRAR e WinZip. Lembrou? 😉

Postcardware

Postcardware ou apenas Cardware, que apesar de não ser muito conhecido é um estilo de distribuição de software quase similar ao shareware, mas é distribuído pelo autor na condição de que os usuários finais do software enviem ao autor/programador um cartão postal. Semelhante ao Beerware como uma troca de favores e tem também uma variação, chamada de Emailware. Esta variação usa a mesma abordagem dos cartões postais, só que exige ao usuário que envie ao autor um e-mail. Provavelmente o modelo Postcardware/Emailware deve ser muito utilizado por colecionadores de cartões postais ou por pessoas com certos sintomas de carência e solidão.

Giftware

Este eu mesmo não conhecia, pesquisando mais sobre Giftware descobri que é uma licença para Softwares tipo um "Brinde" (ex; Sim, eu ganhei aquele brinde!) que você pode usar, modificar, redistribuir ou realizar qualquer outra coisa de uma maneira em que você goste e se sinta feliz, sem dar nada em troca. A única exigência mas não obrigatória do Giftware é fornecer um relatório de bug útil e válido do software para que as devidas correções sejam implementadas nas futuras versões do respectivo software. Ex; Allegro, uma biblioteca livre de código fonte aberto sob a licença de brindes para o desenvolvimento de video games.

Tupperware

Este é o mais famoso e conhecido de todos, eu o conheço antes mesmo do Windows 3.11 fazer sucesso pelo mundo. Se você não conhece o Tupperware não se sinta estranho, com certeza você já ouviu, pegou e até mesmo utilizou. Por via das dúvidas, pergunte a uma fonte confiável como a sua avó, tia ou sua mãe por exemplo, elas devem conhecer muito bem esse tal de tupperware! 😉

Brincadeiras a parte, já que eu "Falei de Tudo quanto é Ware" , segue aqui uma explicação bacana do tupperware. (Obs; Eu também não sabia que ele era escrito desta forma!)

Resumindo…

Com tantas coisas "…Ware" no mundo da informática, fica difícil decorar tantos nomes parecidos e principalmente suas características. Use este escreveWare como guia quando precisar. A licença deste post é Giftware então aproveite cite a fonte e se necessário relate algum bug, erro ou até mesmo outroWare que não esta relacionado aqui, aí nós do escreveassim.com.br lhe AgradeceWare! 😉

Comente via:

  • Facebook
  • WordPress
  • Google Plus

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

1 Comentário

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.