Scroll Top

High Tech Internet Programas Redes Software Tecnologia Telecomunicações Telefonia Tutoriais Utilitários Wi-Fi Windows

InSSIDer for Home – Um pouco mais sobre a interferência entre as redes Wireless

Curso de Manutenção de Celulares

Com a facilidade ao acesso da tecnologia associado às redes wireless existentes em diversos lugares como residências, locais de trabalho, aeroportos, hotéis, consultórios etc., hoje é praticamente normal ligarmos um notebook ou qualquer dispositivo móvel e descobrir que estamos "rodeados" por muitas senão diversas redes sem fio na mesma localidade mesmo sendo um espaço pequeno. Essa situação na maioria das vezes gera um congestionamento do canal de comunicação (quem frequenta a Campus Party, sabe bem do que eu estou falando) entre nosso equipamento e o roteador, levando à degradação do sinal, até há existência de quebras do serviço ou falhas de comunicação.

Em locais que existem muitas redes sem fio, como podemos saber se a rede wireless que estamos conectados está interferindo em outra redes? – ou se estas outras redes na localidade estão interferindo em nosso sinal Wifi?

wrt54g_router_1024

Lembrando que Tal como já referimos em outras matérias, falar sobre redes wireless é o mesmo que falar sobre a norma IEEE 802.11. O IEEE 802.11 é uma especificação standard para as redes sem fios (WLAN, wireless local Area Network) que definem um conjunto de protocolos. As normas mais utilizadas atualmente são:

  • 802.11a, que funciona na banda dos 5 Ghz e permite taxas de transferência de rede na ordem dos 54 Mbps;
  • 802.11g que funciona na banda dos 2.4 Ghz e permite taxas de transferência de rede na ordem dos 54 Mbps;
  • 802.11n que funciona nos 2.4 Ghz e 5 Ghz e permite taxas de transmissão entre os 300 Mbps e 600Mbps;
  • 802.11ac que funciona na "casa" dos 5 Ghz e permite, até este momento, taxas de transmissão aproximada dos 3.6 Gbps;


Canais Wireless

Dependendo da localização geográfica, o número de canais utilizáveis para a frequência dos 2,4 Ghz varia muito. Por exemplo nos EUA, o número de canais utilizados é de 11 enquanto na Europa são 13 canais, com exceção da França (que utiliza apenas 4 canais), no Japão são utilizados todos os 13 canais.

No Brasil, a frequência dos 2,4 Ghz encontra-se "dividida" entre os 13 canais com um intervalo de 22 Mhz (ex. canal 1 que vai de 2401Mhz  até 2423Mhz).

1

Os canais ideais a serem utilizados no caso de termos até 3 pontos de acesso no mesmo espaço são o 1,6 e 11 porque estes não se sobrepõem (overlapping).

2

Mas como a rede dos vizinhos e região podem interferir com a minha?

Um exemplo (meio maluco) para percebermos melhor esta questão é imaginar que estamos ouvindo uma estação de Rádio FM, por exemplo 89.9 Mhz em um carro em movimento. Em certa localidade da viagem entra uma rádio "pirata" invadindo a mesma frequência da estação que estávamos ouvindo. Isto que dizer que houve uma "interferência", ou melhor, houve congestionamento do canal.

No mundo da internet sem fio, o cenário é bem parecido… pois se temos um ponto de acesso/roteador wireless que transmite no canal 6 e algum vizinho por exemplo também tem seu ponto de acesso/roteador wireless no canal 6… então pode existir um congestionamento do canal. Claro que isto não quer dizer que as redes wireless não funcionarão até porque, ao contrário dos sinais analógicos, nos sinais digitais os pacote de dados têm o endereço de origem e destino definidos (ou seja, os dispositivos irão rejeitar todos os pacotes que não lhe sejam dirigidos)… no entanto, a probabilidade de erros de comunicação é mais elevada nesses casos.

Como posso saber se os canais das redes detectadas?

Uma das ferramentas mais populares para verificar informações que contém em cada redes wireless detectada em nossa localidade é o InSSIDer for Home da empresa MetaGeek. Este software verifica o "espaço de comunicação" e informa em quais canais, ou seja em qual frequência específica os equipamentos presentes estão transmitindo ou recebendo.

6
Como podemos ver pela imagem anterior, a escolha do canal 11 para a primeira rede é uma boa opção, pois é onde existem menos redes a operando na mesma frequência, pois o software informa que há 3 redes em overlapping.

Com o InSSIDer for Home podemos obter informações como:

  • SSID – Nome da rede wireless
  • Signal – Qualidade do sinal em dB
  • Channel – Canal de comunicação
  • Security – tipo de segurança
  • MAC Address – Endereço físico da placa de rede wireless do ponto de acesso/roteador
  • Max Rate – Ritmo de transmissão
  • 802.11 – standard
  • Network Type – Tipo de rede
  • Vendor – Fabricante

7
Caso você perceba que existe um melhor canal para a sua rede, basta alterar facilmente essa configuração em seu próprio roteador sem fio ou ponto de acesso.

channel

Espero que este mini guia sirva para que você tenha uma performance um pouco melhor em sua rede wireless. Não se esqueça que além dos outros pontos de acesso que emitem redes wireless, existem também outros equipamentos que funcionam na faixa dos 2,4 Ghz como telefones sem fio por exemplo. Já o InSSIDer for Home é o software perfeito para analisar frequências e canais onde existem muitas de redes sem fio, (muito bom para moradores de apartamentos e condomínios) é gratuito e está disponível para Windows 32/64bits através do link abaixo. 😉

[button color="#COLOR_CODE" background="#01265D" size="medium" target="blank" src="http://pplware.sapo.pt/networking/a-rede-wireless-do-vizinho-interfere-com-a-minha/"]Via Pplware[/button] [button color="#COLOR_CODE" background="#064068" size="medium" target="blank" src="http://www.metageek.net/"]Site: Metageek[/button] [button color="#333333" background="#FFDD4D" size="medium" target="blank" src="http://files.metageek.net/downloads/inSSIDer-installer.msi"]Download: InSSIDer (Windows)[/button]

Comente via:

  • Facebook
  • WordPress
  • Google Plus

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.