As mulheres tem espaço no mundo da Tecnologia?

Estamos habituamos a ver que a maioria das meninas estão sempre brincando com bonecas e sempre preocupadas com suas roupas, já os meninos estão sempre a desmontar (destruir) seus carrinhos para ver como são feitos e possívelmente re-inventar (arrumar) alguns novos brinquedos.
No que diz a respeito sobre tecnologia,  ainda há uma visão que mostra um mundo somente de homens, onde as mulheres pouco ou nada sabem sobre a tecnologia. Mas será isso verdade?

Sabemos que cada vez mais, as pessoas independentemente do sexo, raça e estatuto social, tem acesso a computadores e tecnologias no geral. As informações, os equipamentos, bem como os preços, são muito mais acessíveis a todos e praticamente nos dias de hoje qualquer coisa se processa por meio eletrônico.
Este é sem dúvida um cenário em desenvolvimento, que pode também mudar a perspectiva e mentalidade da sociedade frente a população que domina esta área da tecnologia.

Mulheres na Tecnologia já um tema que tem tido destaque nos dias de hoje, não só por ser controverso, mas também porque já existem muitas mulheres na área, com grupos criados onde compartilham entre si, suas dificuldades e o que sentem no mercado de trabalho, bem como algumas discriminações sociais existentes.

Esta questão foi abordada entre outros temas no Fórum Internacional de Software Livre, que decorreu em Porto Alegre, por Paloma Costa que afirmou: “A mulher não precisa de deixar de ser feminina para saber usar, com mestria, um código-fonte ”.

Paloma refere ainda, que o mercado da tecnologia deve ser ampliado e seria pertinente que se criassem novas discussões sobre o tema, para que as diretrizes sejam desenhadas. O Fórum Internacional de Software Livre é um dos espaços que proporciona a mulher uma oportunidade de dar valor e mérito ao seu trabalho, bem como de se “mostrar” uma profissional ativa na tecnologia, pois segundo Paloma, estes eventos não são “só para geeks (nerds). São direcionados para a pessoa comum, para a menina que gosta da barbie, ou para aquela que é apaixonada por música”.

Mulheres na Tecnologia, cada vez se vêem mais e com trabalho de grandes proporções e qualidade, resta saber agora se a sociedade está disponível e preparada para aceitar esta nova realidade.

escreveassim: E que venham as mulheres!  🙂

Add Comment