Intel 4004 – O primeiro microprocessador do mundo faz 40 anos

Em meados de 1969, a (antiga Nippon Machine Corporation) Busicom solicitou a Intel um projeto de 12 chips personalizados para serem inseridos em seu novo projeto, uma calculadora com impressão. Em vez de criar uma dúzia de chips customizados especificamente para a calculadora, os engenheiros da Intel criaram uma família de apenas 4 chips, incluindo um que poderia ser personalizado e programado para uso em uma variedade de produtos. Era a partir aí que nascia o Intel 4004.


Quase dois anos de desenvolvimento, já em 1971 foi lançado comercialmente a primeira Unidade Central de Processamento com 4-bits. Inicialmente o 4004 foi o responsável por desencadear a tendência da evolução dos micro processadores onde qualquer engenheiro poderia comprar e personalizá-lo com o software para executar diferentes funções em uma ampla variedade de dispositivos eletrônicos.


Com sua capacidade e sucesso, este pequeno microprocessador logo encontrou muitos usos. A Intel iniciou um processo que fez com que alguns outros fabricantes de chips a embarcar em projetos para desenvolverem microprocessadores mais capazes, fato que gerou a tendência onde foram criadas as indústrias multibilionárias dos microprocessadores e dos microcomputadores atuais.

O 4004 era um processador de 16 pinos de cerâmica com um total de 2300 transístores MOS e uma velocidade de clock de 0.740Mhz ou 740Khz.
Uma diferença de “Anos-Luz” com relação aos processadores i7, os mais atuais da Intel.

 

Add Comment